Página 28 - Turcaça 33

Versão HTML básica

projecto Montarias do
Douro 2013, em sinergia
uma vez mais com a
Turcaça, decorreu este ano com a
organização de três montarias em
outras tantas zonas de caça
municipais. As datas, objectivos e
procedimentos foram previamente
acordados entre as partes, tendo
iniciado, a 22 de Dezembro, com a
montaria do Clube de Caça e Pesca
do Alto Douro-Régua, seguida pela
montaria da Associação Desportiva
de Caça e Pesca Gouvinhense –
Sabrosa, dia 19 de Janeiro, e
finalizado com a montaria do Vinho
do Por t o , organ i zada pe l a
Associação de Caça e Pesca
Socalcos do Douro - Alijó.
Na génese deste projecto está a
valorização da caça maior, aliando
procedimentos e técnicas de gestão
sustentáveis para a exploração na
caça ao javali por montaria. A
animação e o lazer proporcionado
pela caça maior acrescentam um
valor diferenciado, contribuindo para
a diversificação da oferta turística
na região do Douro, cuja marca
mais importante é a produção de
vinhos de qualidade.
As montarias decorreram em três
concelhos, todos na margem direita
do r io Douro. Nas manchas
monteadas apenas se pratica caça
maior de montaria, com frequência
p l u r i a n u a l , p e rma n e c e n d o
integralmente reservadas ou
enquadradas na vizinhança de
vastos territórios com a caça
cond i c i onada . A pa i sagem
caracteriza-se por um mosaico de
matagais e áreas de vinha, num
terreno acidentado com vales
profundos e vertentes declivosas,
sobranceiras ao rio Douro e seus
afluentes.
As expectativas dos monteiros e
das organizações eram altas, tendo-
se registado uma enorme procura
pelos caçadores de várias regiões
que preencheram a totalidade das
portas a sorteio.
Nos quadros de caça foram inscritos
vários troféus importantes, com
des taque para um enorme
CAÇA MAIOR
28
Montarias ao javali no Douro
Um projecto comum