Página 57 - Turcaça 33

Versão HTML básica

57
CAÇA MENOR
como o Bufo Real, ou o Gato-
Montês e as Martas. Isto para não
falarmos já em toda a restante
família de pequenos predadores.
2
-Isto que foi referido sucede por
um conjunto de outras razões que
não apenas a sua abundância, mas
por que para além disso a sua
captura e predação são muito fáceis,
pois vive preferencialmente em
comunidades fixas e populosas, os
covais ou vivais, onde se concentra
e de onde pouco se afasta. Além
do mais, tem hábitos muito rotineiros
nas suas voltas e deslocações por
comida ou água, gosta também de
apanhar sol e de brincar no terreiro
das covas… Tudo isto o torna alvo
fácil e de procura muito simples para
todos os carnívoros alados ou
terrestres, quer estes cacem de
espera, seja de um poiso ou em
propícios locais de passagem, ou
nas comidas. Também pode ser
caçado de enxota, espantado por
um predador para ir cair nas garras
de outro, pois tem o hábito firme,
inabalável, muitas vezes fatal, de
quando assustado correr direito ao
seu coval… Assim, sempre que se
afasta da boca da sua lura o nosso
coelhote está em maus lençóis!
Para maior desgraça sua até dentro
dos seus esconderijos pode ser
apanhado por cobras, papalvos,
ginetas, toirões e doninhas. Os
saca-rabos assaltam-lhe os vivais
em grupo.
Toda “a gente” que pode escava e
se de l i c i a nas cob i çosas
lapareiras…
3
-Assim, aliando rusticidade e
adaptabilidade a uma extraordinária
capacidade de reprodução, pode
vol tar o coelho bravo a ser
omnipresente em todos os lugares
e épocas do ano, constituindo-se
desta forma numa espécie de
“manᔠsempre à mão dos
“necess i tados ” predadores .
Para isso precisa de ajuda.
Conclusões:
Por tudo o que foi dito se conclui
ser o coelho bravo peça de caça
c h a v e n o s e c o s s i s t ema s
mediterrânicos e se torna urgente
e imprescindível tomar medidas que
visem a recuperação e estabilização
sustentada e prolongada no tempo
das suas populações. Para isso, se
requerem as vontades convergentes
de Caçadores, Proprietários e
Ambiental istas, cabendo aos
p r i me i r o s , po r f o r ç a da s
circunstâncias, a continuação do
e s f o r ç o i n i c i a d o c om o
Ordenamento Cinegético.
Pretende este projecto alcançar as
finalidades assinaladas recorrendo
à colaboração estreita entre todos,
susci tando as sinergias daí
resultantes sem o que não se
consegui rá mais que meros
s u c e s s o s l o c a l i z ado s , de
continuidade incerta e aleatória.
Metodologia a seguir
1
-Reunir o máximo de informação
credível sobre o coelho bravo, sua
biologia, seus hábitos e historial
recente e arcaico.
2
-Reunir o máximo de dados sobre
as suas doenças mais comuns e
agressivas, designadamente a
M i x oma t o s e e a Do e n ç a
Hemorrágica Viral.
Bufo Real
Gato-Montês
Marta