Página 44 - Turcaça 34 digital

Versão HTML básica

44
CÃES DE CAÇA
idade de adulto.
No caso de possuírem um cão ainda
jovem e que se vai iniciar na caça
de salto, o melhor é evitar confusão
de tiros e de caçadores, para que
o cachorro vá adquirindo confiança
por ele com o decorrer da época.
Devemos atirar à caça sempre que
o cachorro a veja sair ou vá atrás
dela, para que associe o tiro à peça
de caça e comece a ganhar
conf i ança. Será impor tante
aproveitar o dia da abertura, que
será, em alguns casos, o dia em
que terão mais oportunidades e
lances de caça, já que há mais
abundância de espécies.
Não devemos esquecer toda a sua
documentação. Vacinas em dia,
com o respectivo micro-chip, assim
como a licença de caça que é
passada pela junta de freguesia da
residência.
Alerto que o SEPNA anda em cima
disso, e na minha opinião bem, mas,
à semelhança de outras coisas, este
assunto é mais um daqueles a juntar
a tantos outros que faz com que
todos os caçadores tenham um
enorme portfólio de deveres. No
entanto, as entidades responsáveis
pela caça em Portugal esquecem-
se que os caçadores também têm
direitos. E ninguém de Direito se
lembra deles!!!
ecorreram, desde o início
de Setembro, as
respectivas provas
selectivas que, apesar de serem
provas de campeonato (CACT),
serviram ao seleccionador, este ano
o José Pedro Leitão, para eleger os
quatro (4) cães que representarão
Portugal no Campeonato do Mundo,
a realizar em meados deste mês
(Outubro) na Croácia.
Não foi, segundo o que se passou,
tarefa fácil, à semelhança de anos
anteriores. O calor e as condições
dos terrenos, exageradamente
secos e ásperos, o habitual naquela
época do ano em Portugal, são
sinónimos de muitas dificuldades.
Mas correu, melhor para uns e
menos bom para outros, como será
fáci l perceber. Para os não
seleccionados, um ponto de partida
– por que não? -para analisar o
quadro e proceder a melhoramentos
na qual idade dos seus cães.
À semelhança do que sucede no
futebol, também aqui nunca poderão