Página 13 - Turcaça 35 digital

Versão HTML básica

13
CAÇA MAIOR
A época iniciou-se em
Outubro, em Idanha-a-
Nova, sem grande história
a registar, excepto uma dúzia e meia
de javardos, maioritariamente
pequenos, entregues no sistema de
“mata-pendura” que não parece ser
a melhor forma de garantir a
segurança de todos, além de
desvi r tuar grossei ramente a
essênc i a des t a cen t ená r i a
modalidade cinegética, concebida
como manobra colect iva por
excelência, em que todos -
matilheiros, matilhas, monteiros e
organizadores - concorrem por igual,
embora de diferentes formas, para
o êxi to do empreendimento.
Na Herdade da Taberneira, a
caminho de Barrancos, foi possível
contar quatrocentos e nove tiros
(409!) durante uma montaria que
mais parecia uma jornada de tordos,
quando abundam, e que primou pela
simpatia do organizador e pela
eficiência na recolha das muitas
dezenas de reses, esquartejadas à
medida que chegavam à junta das
carnes, designação bem apropriada
neste caso, carregadas rapidamente
em c am i õ e s f r i g o r í f i c o s ,
inviabilizando qualquer arremedo
de quadro de caça…
Felizmente que na associativa de
Vila Velha de Ródão, apesar da
mancha se apresentar escassa de
cervídeos e de javalis – o quadro
final andou pela dezena de peças
– a organização primou pelo respeito
das normas monteiras, incluindo o
sorteio das sessenta portas, feito
em obediência aos imperativos da
transparência e da seriedade,
indispensáveis nestes eventos.
Algum tempo depois, a Herdade das
Sesmarias, em Coruche, efectuou
um gancho nos seus terrenos
habitualmente férteis em javalis,
convidando cerca de duas dúzias
de monteiros que acorreram sem
hesitação ao chamamento. Apesar
das expectativas e do esforço geral,
o resul tado f icou aquém do
esperado, embora mais de uma
dezena de javardos aparecesse em
exposição. Ou seja, como se
comentava, as pessoas habituam-
se à fartura (!?) e depois estranham
um resultado destes, que faria a
delícia de muitas propriedades. Pela
minha parte, o posto que me calhou
em sorte permitiu que sentisse ao
longo da ribeira, desde a chegada
até ao embolsar da carabina, a
bicharada a movimentar-se e a
escapulir-se sem permitir qualquer
disparo…
Tempo de montear…
Montarias