Página 26 - Turcaça 35 digital

Versão HTML básica

CAÇA MAIOR
26
A
Associação Cultural e Desportiva
Águia do Marão encerrou, no dia
18 deste mês (Janeiro), a época
cinegética, com mais uma das suas
já tradicionais montarias ao javali
que, de ano para ano, vêm
registando crescente procura. 120
monteiros, 7 matilhas e 8 javalis
cobrados, um saldo muito razoável
para um dia frio e com alguns
aguaceiros a tender para o granizo,
que não chegaram para arrefecer
os ânimos.
O Marão como palco, a boa
organização e a franca hospitalidade
foram notas dominantes. O leilão
das peças esteve animado,
seguindo-se um farto “almoço” pelas
18H00, no qual as conversas
giravam à volta da escassez de caça
menor, da ausência de medidas
conjunturais e do garrote burocrático
que desmotiva novas vocações. A
terminar foram sorteados alguns
adereços.
Como já referimos nestas páginas,
se as montarias vierem a constituir-
se (como tudo indica) como o único
bálsamo ou paliativo para o declínio
da caça menor, mal vai a caça,
maior ou menor, tanto importa.
ARTUR FREITAS
Montaria em Candemil, Amarante – o Marão como cenário
Quadro de caça – 8 javalis!
120 monteiros e sete matilhas resistiram ao frio e aos aguaceiros