Página 8 - Turcaça 35 digital

Versão HTML básica

08
NOTÍCIAS
O Clube de Monteiros do Norte realiza o
XXVIII Encontro Venatório do Nordeste
Transmontano no fim-de-semana de 18/19
deste mês (Janeiro), coroando assim a
época venatória com a grande e mais
antiga festa dos amantes da caça maior,
com fortes tradições nesta região.
Desta feita, a promoção das riquezas
naturais e cul turais do Nordeste
Transmontano, das quais a caça é
indissociável, será este ano centrada no
concelho de Murça. Um concelho que se
reparte entre os rios Tinhela e Douro e
onde se produzem azeites e vinhos de
alta qualidade.
As manchas a montear são a das Carvas,
no dia 18, habitualmente generosa em
termos de abates, e a da Ribeirinha, dia
19, esta pouco conhecida e que apanha
as encostas sobranceiras ao rio Tinhela.
Esta edição do Encontro Venatório conta
com o apoio da Câmara Municipal de
Murça, Junta de Freguesia e associações
de caçadores locais, e o habitual
pa t r oc í n i o do g r upo a rme i r o
SHF/Autuno/Sportrofa.
O programa completo estará, em breve,
disponível no sítio do CMN: . As inscrições
podem ser feitas através dos seguintes
contactos: 964 054 674; 917 226 003;
933 267 263; 273 999 141.
De 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro
Macedo de Cavaleiros acolhe
a XVIII edição da feira da caça
De 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro, Macedo
de Cavaleiros acolhe a XVIII edição da
feira da caça, a oitava feira de turismo e
a 20ª edição da festa dos caçadores do
Norte, um evento forte e com cartaz no
panorama das feiras temáticas do país.
O parque municipal de exposições abre
portas aos muitos feirantes, sujeitos a
uma triagem em função do espaço
disponível. O grupo armeiro SHF/Sportrofa
estará presente, uma vez mais. As
actividades ao ar livre, sobretudo as
cinegéticas, são muitas e variadas.
Como sempre, o programa da feira de
caça de Macedo de Cavaleiros é extenso
e vasto. Estão previstas três montarias –
quinta-feira (dia 30 de Janeiro) e sábado
e domingo (1 e 2 de Fevereiro) -, uma
prova de Santo Huberto (VIII prémio
galaico-português, cães de parar) e uma
competição de cetraria (caça com aves
de rapina), a VII Copa Ibérica de Cetraria.
A feira abrirá pelas 18 horas do dia 30,
ainda que a abertura oficial do espaço de
exposição esteja agendada para as 18
horas do dia seguinte (31 de Janeiro,
sexta-feira), por norma com a presença
de um membro governamental. Nesse
dia, pelas 14 horas, terá lugar uma
conferência sobre a temática do Turismo.
Pelas 21 horas, e como novidade, registe-
se o I Encontro de Caçadores de Trás-os-
Montes e Alto Douro, por certo um espaço
de debate e reflexão sobre os problemas
actuais do sector.
As actividades permanentes são, também
elas, muitas e variadas – exposição e
prática de falcoaria; prática de tiro com
arco e besta; exposição de fauna viva de
espécies cinegét icas; restaurantes
regionais; showcooking (momentos
culinários); rota gastronómica do javali
(restaurantes aderentes); parque aventura;
e passeios a cavalo.
A Associação de Caçadores de Castelãos, Macedo de Cavaleiros, que gere a zona
de caça associativa local (ZC Associativa de Castelãos), promove, no dia 25 de
Janeiro, uma montaria aos javalis.
Do vasto programa do evento, destaque para o sorteio de uma arma e vários prémios,
oferecidos pelo grupo armeiro SHF/Sportrofa, no final da festa, ou seja, após a montaria
e o almoço-convívio, que será servido na aldeia.
Para efeitos de inscrição, os interessados devem contactar:
C.Matos: 914 788 758; Amândio Justo: 934 112 368; e António Novais: 926 464 997.
Associação de Caçadores de Castelãos
promove montaria aos javalis a 25 de Janeiro.