Página 16 - Turcaça 36 digital

Versão HTML básica

CAÇA MAIOR
16
montaria de Castro Roupal,
Macedo de Cavaleiros, foi a
terceira e a menos profícua
das promovidas pela Federação das
Associações de Caçadores da 1ª
Região Cinegética (FACIRC) no
âmbito da XVIII Feira da Caça de
Macedo de Cavalei ros, que
decorreu de 30 de Janeiro a 2 de
Fevereiro últimos, e no tocante à
oferta monteira, um dos pratos forte
do evento transmontano. Um
“navalhinhas”, entre os quatro
“bichos” cobrados, deu um ar de
graça ao quadro de caça, mas
me smo a s s i m a ma n c h a
domingueira, o Monte de Morais,
ficou longe dos resultados obtidos
em Limãos (10) e em Vilarinho de
Agrochão (9).
Face ao certame estar consolidado
no panorama cinegético nacional,
ainda que mais enraizado no Norte
do país e nas províncias espanholas
da Galiza e de Castela e Leão, as
montarias da feira macedense são
muito concorridas, também pelo
facto de a época (calendário
venatório, entenda-se) ser de
excelência para a caça ao javali.
Perante o exposto, a pequena aldeia
de Castro Roupal acolheu 95
monteiros e muitos acompanhantes,
já que vários caçadores oriundos
do Grande Porto e do Minho fazem-
se acompanhar das respectivas
esposas, procurando desfrutar
assim de um f im-de-semana
diferente, apreciando a natureza e
d e g u s t a n d o o s p r o d u t o s
gastronómicos de excelência da
região, designadamente o fumeiro.
Num Inverno part icularmente
chuvoso, São Pedro deu tréguas
naquele domingo, 2 de Fevereiro,
pelo que a montaria pôde ser vivida
e gozada sem r ecu r so a
impermeáveis, facilitando assim a
tarefa de matilheiros e monteiros,
estes últimos sem justificação para
tiros errados…
O mata-bicho foi servido sem
bebidas alcoólicas, mas algumas
armadas rumaram à mancha em
tractores, um meio de transporte
pouco seguro e que urge banir
destas jornadas de caça, para bem
de todos – organizadores e
monteiros. Como é da praxe, a
organização teve o cuidado de
endereçar algumas palavras de
prudência e de segurança aos
Montaria de Castro Roupal, Macedo de Cavaleiros
“Navalhinhas” deu ar de graça ao quadro de caça