Página 35 - Turcaça 36 digital

Versão HTML básica

35
CAÇA MENOR
pressas ou qualquer dano físico,
apesar de mais parecer um lança-
torpedos) ao topo, donde se
decidem ao voo em direcção a
portas desencontradas, consoante
os ventos de momento, para
desespero de alguns pessimistas,
que, em pé de igualdade, vão
rodando pelas portas (a imagem da
perdiz foi afivelada a posteriori e a
título exemplificativo).
Restringimos, deliberadamente, as
imagens das perdizes cobradas, um
saldo menor, convenhamos, quando
comparado com o são convívio, o
envolvimento de familiares de
diferentes gerações e o contacto
com o Marão no seu máximo
esplendor.
Tudo somado, um dia inesquecível,
em plena natureza, um tiro na dieta
e fartas histórias (a caça possível),
uma prova cabal de que à frente da
Águia do Marão continua uma
direcção coesa, proficiente, com
sentido das realidades, apego à sua
terra e que, curiosamente, se
abstém de dar o gosto ao dedo.
Artur Freitas