Página 42 - Turcaça 36 digital

Versão HTML básica

42
CONSERVAÇÃO DA NATUREZA
Ave do Ano escolhida pela
Sociedade Portuguesa para
o Estudo das Aves (SPEA)
para 2014 é a cegonha-branca
(
Ciconia ciconia)
. Acarinhada por
todos os portugueses, esta espécie
faz parte da nossa cultura e dia a
dia, sendo simultaneamente uma
importante aliada no combate de
algumas pragas agrícolas. Os
lagostins e os gafanhotos são dois
bons exemplos de espécies que
fazem parte da cadeia alimentar da
cegonha-branca. Enquanto os
primeiros atacam os arrozais, os
segundos consomem cereais e
pastagens.
A cegonha-branca é certamente
uma das aves mais conhecidas por
todos nós e, devido a um saudável
convívio entre animal e humanos,
é muito comum ver os seus ninhos
em c h am i n é s d e z o n a s
habitacionais e fabris.
Espécie migradora na Europa, a
sua chegada na primavera, a
nidificação próxima a populações
ou mesmo em edi fícios e os
conhecidos rituais nupciais tornaram
esta ave num símbolo de boa sorte
e fertilidade.
A cegonha-branca é uma ave
protegida, associada aos habitats
de água doce, pastagens e prados,
onde se alimenta. A evolução da
sua população em Portugal tem sido
irregular. Já foi beneficiada devido
à desflorestação e ao aumento de
campos abertos, mas com a
revolução industrial, a intensificação
da agricultura e o uso massivo de
inseticidas sofreu uma regressão
importante, chegando a ficar com
estatuto de ameaça ou mesmo a
desaparecer de vários países
europeus. Hoje em dia a população
europeia recuperou ligeiramente,
embora se mantenha escassa nos
países do norte da Europa: a título
de exemplo registou-se um casal
no Luxemburgo, pela primeira vez
em 2013, e na Bélgica é conhecido
apenas um casal nidi f icante.
Na Península Ibérica, após uma
regressão acentuada desde os anos
50, a população recuperou e tem-
se mantido estável.
A título de curiosidade, a cegonha-
branca forma casais monógamos
que mantêm o mesmo ninho ano
após ano, compondo e aumentado
o ninho em cada ano, podendo este
atingir 800 kg de peso e 225 cm de
diâmetro. Na costa alentejana,
apresenta a única população a
nidificar em rochedos costeiros, no
mundo.
Informação acerca da
espécie
Nome científico:
Ciconia ciconia
Caraterísticas:
espécie geralmente
migradora de longa distância, que
passa o inverno em África
Ocorrência:
Europa, África, Médio
Oriente
Quando pode ser observada:
primavera/verão, embora muitos
indivíduos se mantenham residentes
no inverno, em especial no Sul do
país
Habitat:
próximo de rios, pauis e
represas, arrozais e outras zonas
agrícolas extensivas, com prados e
pastagens, aglomerados rurais
Alimentação:
pequenos
vertebrados e invertebrados, como
rãs, peixes, lagostins de água doce,
gafanhotos, mas também
Joana Domingues