Página 50 - Turcaça 37 digital

Versão HTML básica

Expocaça 2014/26ª Feira
Internacional da Caça e das
Armas, que decorreu de 16
a 18 de Maio em Santarém, como
habitualmente, apresentou um novo
figurino, tendo a organização, a MC-
Feiras e Eventos, Lda, colocado os
143 expositores num único pavilhão,
o que tornou a visita mais fácil. O
armeiro Sportrofa/SHF group foi um
dos impor tadores presentes,
apostando no contacto com clientes
e amigos para reforçar a sua
posição no panorama nacional do
sector.
Apesar da redução no valor das
entradas, o número de visitantes,
na ordem dos 24 mil, foi menor
relativamente à edição do ano
passado (2013), a qual assinalou
as “bodas de prata” do evento.
A solução encontrada para dar corpo
à edição deste ano – ao pavilhão
único, foi adicionada a nave C, para
funcionamento de restaurantes,
bares e actividades paralelas – foi
do agrado de todos, pois permite
uma visita mais fácil perante o
ag r upamen t o de t odos os
exposi tores no mesmo local .
Sem novidades no tocante a armas
e material de caça, como óptica,
visão nocturna, vestuário, por
exemplo, sem excepções, ou seja,
entre todos os grandes armeiros
nacionais e as grandes marcas
internacionais, a feira ribatejana foi,
todavia, fért i l em act ividades
paralelas, o que acaba por despertar
a curiosidade de alguns e transmitir
algum alvoroço ao convívio anual
dos caçadores portugueses, para
alguns uma romaria obrigatória ano
após ano.
No tocante às actividades paralelas,
destaque-se a corrida de galgos,
uma prova oficial organizada pela
Associação Galgueira do Centro;
as demonstrações de caça com
p o d e n g o s , s emp r e mu i t o
concorridas; e, ainda, o Encontro
de Mat i lhas, organizado pela
respectiva associação e que fez
deslocar até Santarém cerca de 300
cães utilizados nas jornadas de caça
50
FEIRAS / EVENTOS
EXPOCAÇA ap r es en t ou um novo f i gu r i no
Visitantes rondaram os 24 mil