Página 52 - Turcaça 37 digital

Versão HTML básica

Campeonato da Europa
realizou-se em Madrid, no
distinto Clube de Tiro de
Somontes. A prova foi
organizada debaixo da tutela da
f ede r ação i n t e r nac i ona l –
F.I.T.A.S.C. – que detém o exclusivo
desta disciplina do tiro de desportivo
com armas de caça.
Portugal é o detentor de um dos
maiores palmarés, graças à
actuação internacional das suas
equipas e dos seus atiradores que
nos habituaram a inúmeros triunfos.
A selecção nacional, apurada
através das classificações obtidas
em provas f ederadas pré-
estabelecidas para o efeito, foi
constituída por José Resende, Luís
Monteiro e André Salgado. A sua
actuação honrou as cores nacionais
e esteve em linha com o tradicional
bom desempenho das equipas
anteriores, ao obter a
medalha de prata (2ª)
após uma renhida
d i spu t a com os
agrupamentos de
Espanha (1ª) e da
Grã- Bretanha (3ª) no
Match das Nações.
I nd i v i dua lmen t e ,
Fi l ipe Fernandes,
atirador experiente e
de elevado nível do
Clube Industrial de
Pevidém, sagrou-se
campeão europeu,
após uma exibição notável ,
arrecadando a medalha de ouro
respectiva. O excelente atirador
elvense, Luís Monteiro, foi terceiro
classificado, obtendo a medalha de
bronze, e André Salgado ocupou a
quarta posição. Um grande aplauso
para o júnior Gonçalo Sá, atirador
do clube matosinhense, que se
estreou nas provas internacionais
da disciplina, obtendo a medalha
de bronze, quer no Grande Prémio
Fitasc de Espanha quer no Europeu,
justo prémio pela dedicação
demonstrada e pela qualidade das
52
TIRO DESPORTIVO
O
Filipe Fernandes, campeão da Europa
A selecção nacional em Madrid