Página 8 - Turcaça 37 digital

Versão HTML básica

08
NOTÍCIAS
O
Clube de Monteiros do Norte
promoveu, emMaio último, e como
já é tradição, desta feita no Forte
de S. Francisco, em Chaves, o
seu jantar anual, com o propósito
de entregar os prémios que
distinguem os melhores da época
venatória, denominados de “Vítor
Montei ro” . Os t roféus que
perpetuam a memória de um
monteiro nobre, precocemente
desaparecido, destinam-se a
eleger o melhor monteiro do ano,
a melhor mancha do ano e, ainda,
a melhor matilha do ano. Rui
Cepeda, de Mirandela, foi eleito o
melhor monteiro do ano.
O prémio para a melhor Matilha
do Ano coube à matilha Seixão e
a melhor mancha do Ano
contemplou a mancha de Mós,
Torre de Moncorvo, por norma
generosa para com os muitos
monteiros que a visitam por
ocas ião das montar ias al i
promovidas.
Refira-se que, no tocante aos
prémi os , são prev i amente
seleccionados três candidatos,
sujeitos a escrutínio, desta vez,
em Chaves, com a participação
dos sócios presentes no jantar de
ce l eb r ação e também de
confraternização, do qual resulta
a eleição. A época venatória em
apreço, obviamente, era a de
2013/14, prestes a findar aquando
do repasto.
Num ambiente muito agradável e
praticamente familiar, o sorteio de
várias peças de vestuário e artigos
de caça e lembranças diversas,
oferecidas pela Cacicambra,
Sportrofa-SHF group, Kettner, Real
Armar i a , Ter ra Se l vagem,
TroviSport, Paula Pinhel e CM do
Norte, animou o serão, antes do
uso da palavra por parte do
presidente da di recção da
instituição anfitriã, Álvaro Moreira,
e de dois convidados, Raul
Fernandes, em representação da
FAC I RC ( Fede r a ç ão da s
Associações de Caçadores da 1ª
Região Cinegética), e Vasco
Figueira, vice-presidente do Clube
Português de Monteiros.
Membro do CIC
Álvaro Moreira aproveitou o evento
para transmitir aos sócios que o
Clube de Monteiros do Norte tinha
sido, recentemente, acolhido, por
unanimidade, no seio do CIC,
Conselho Internacional da Caça e
Conservação da Vida Selvagem,
sem dúvida uma boa nova para a
instituição sediada em Bragança
e que atesta o bom trabalho que
vem sendo desenvolvido pelos
seus dirigentes, em prol da caça,
dos caçadores e da vida selvagem.
A.P.
Troféus “Vítor Monteiro” forem entregues no Forte de S. Francisco, em Chaves
Clube de Monteiros do Norte promoveu as distinções anuais
Rui Cepeda, de Mirandela, foi eleito o Monteiro do Ano