Página 34 - Turcaça 38 digital

Versão HTML básica

AO REMATE
34
an t o quan t o me f o i
transmitido, a abertura de
Agosto foi um sucesso no
que a torcazes concerne!
Quanto a rolas, muito poucas ou
nenhumas... No passado ano, já o
mesmo tinha sucedido e aqui foi
referido, tendo-se apontado algumas
razões para tal facto. Parece, no
entanto, que a constatação de todos
não levou a cautelas. Continuam,
caçadores transformados em
matadores, a persistir em abater as
poucas avezitas que restam. E o
preocupante é que a situação
parece ser endémica porque tal mal
se verifica, também, na vizinha
Espanha.
E l á vo l t o eu às mi nhas
inter rogações. Para quando
medidas de protecção? Será preciso
esperar que se torne uma espécie
em risco? Já que quem rege a caça
nada faz, porque não, nós
caçadores, iniciarmos medidas que,
futuramente, se tornem proveitosas?
Indiquei algumas, no passado ano
e, certamente, muitas mais existirão.
Quanto aos torcazes é bom de ver
que os efectivos são aves que
sedentarizaram. Ainda bem que
assim foi, mas devemos ir com
cautela para não estragar o que a
natureza nos oferece.
Patos e codornizes, o pouquito do
cos t ume mas com a l guma
qualidade. Na abertura geral da
caça parece que se realizarammuito
mais montarias que organizações
de caça menor... O banquito é bem
melhor que palmilhar montes e
vales...!! Conforme pude observar
e apesar do mau tempo que grassou
pelo nosso País, as posturas de
perdizes e a criação de coelhos e
lebres não pareceram mui to
afectadas graças, também, à
diminuição drástica dos horrorosos
incêndios que tanto mal causaram
no transacto ano.
Mal posso esperar por uma bela e
estafante caçada às perdizes em
terreno não “repovoado”...!! No
Centro-Sul do nosso território ainda
são possíveis, especialmente em
coutos turísticos que prezam as
suas “bravas” de unhas de um
rutilante escarlate!
Quanto a montarias, realizou-se, a
1/10, a do Clube Português de
Monteiros a veados e javalis, na
região de Nisa, que correu bastante
bem, conforme nos habituou tal
organização.
Na Raiatur, de Joaquim Rolo, fez-
se a abertura a 1 e 4 de Outubro,
também a veados e javalis, com
uma média de 30 caçadores por
acção, tendo sido cobradas 19 rezes
de tamanho médio e médio grande,
T