Página 24 - Turcaça 39 digital

Versão HTML básica

CAÇA MAIOR
24
A
montaria da Casa do Pessoal
da RTP, que se realizou numa ZC
Municipal de Penamacor, no dia 10
deste mês, bateu todos os recordes.
Com efeito, um quadro de caça
invejável, a todos os níveis –
quantidade, 42 javalis cobrados, e
qualidade – de entre eles, seis boas
bocas, ou seja, meia dúzia de
navalheiros! Uma organização
perfeita e um êxito retundo, no plano
cinegético e no aspecto social –
confraternização, promoção da
região e incremento da economia
local.
Após uma época de interregno por
razões alheias à organização, a
Montaria da Casa do Pessoal da
RTP, já uma referênc ia no
calendário nacional monteiro, voltou
ao terreno e, pelo desfecho, de
forma gloriosa.
Protocolada há meses com o
Município de Penamacor, Distrito
de Castelo Branco, Beira Interior, a
montar ia deste ano da RTP
dificilmente poderia ter encontrado
cenário mais favorável e o invejável
quadro de caça é disso uma prova
irrefutável, ainda que os promotores
da iniciativa valorizem também
outros aspectos, intrinsecamente
ligados aos prazeres da caça.
Pontualidade britânica
Habi tuados a receber mui tos
monteiros, a organização cumpriu
religiosamente os horários, embora
para alguns, perante as 162
inscrições, lhes parecesse uma
tarefa hercúlea e daí impossível de
cumprir. Errados.
Com a concentração marcada para
as 08 horas, no Pavilhão Municipal
da vila de Penamacor, com uma
boa alusão sinalética para os
forasteiros, de modo a evitar
enganos e atrasos, a confirmação
das 162 inscrições foi feita em 50
minutos. Para fazer face ao frio,
embora o sol se tivesse associado
à festa, dois madeiros acesos, não
fosse Penamacor a detentora do
ma i o r Ma d e i r o Na c i o n a l ,
P
enamacor – 11ª Montaria da Casa do Pessoal da RTP rebentou a escala
Um quadro de 42 javalis (!) e uma organiza