Página 53 - Turcaça 39 digital

Versão HTML básica

Assim sendo, e porque cada um
tem as suas características, logo os
seus utilizadores têm as suas
tendências por esta ou por aquela
raça em concreto.
Hoje em dia, e atendendo ao
número de criadores em Portugal,
e criadores são aqueles que criam
com seriedade e conhecimentos, é
mais fácil adquirir um potencial cão
de parar, pois também nos cães a
evolução está bem presente.
Existem cães com capacidades
verdadei ramente espantosas.
Por vezes, e por alguma falta de
conhecimento por parte de algum
utilizador, sem querer, prejudicam
as qual idades naturai s dos
“pobrezinhos” que não fazem mais
nem menos do que é lógico. Refiro-
me, por exemplo, a deixar os cães
em tenra idade (cachor ros)
apanhar/morder uma peça de caça
colocada no terreno que não esteja
em condições de voar.
Quero explicar o que é muito
simples: basta um cachorro parar e
investir para a peça e conseguir
apanhá-la algumas vezes, não
muitas, depende do cachorro, para
que, de seguida, cada vez que
detectar uma emanação no terreno,
investir na sua direcção, sabendo
que a pode apanhar à semelhança
das vezes anteriores. A isto chama-
se inteligência, não um defeito.
Enfim, considerem este pormenor
importante, e não se assustem
quando o cão mais novo não
evidenciar muita apetência por parar
a caça. Com o tempo, ele irá pará-
la.
Caso tenham a oportunidade de o
ensinar desde novo, não deixando
morder a peça colocada no terreno,
terão frutos muito mais cedo do
vosso cão de parar, com as tão
desejadas… paragens!
Coloco-me à vossa disposição para
qualquer questão ou dúvida sobre
esta e outras matérias.
Vítor Silva
Centro Canino da Maralha
WWW.CANILDAMARALHA.COM
CÃES DE CAÇA
53